NOTAM
Nome do NOTAMNOTAM C - Voo Regular e Charter & Limitações
Data da Criação do NOTAM2019-01-20
Data da Publicação do NOTAM2019-01-20
Texto do NOTAM

Senhores (as), comandantes!

Este NOTAM tem como objetivo estipular as regras dos Voos Regulares e Voos Charters.

É natural que, dada a finalidade de uma empresa cargueira, existam vários voos charters, com a simulação não poderia ser diferente, sendo assim, a Sideral Cargo Virtual operão tanto com rotas regulares quanto com rotas charters; mas quem pode voar as duas modalidades?

  • Voos Regulares: São aqueles selecionados no nosso despacho operacional, em "Rotas". Estas rotas são repetitivas e constam no CGNA, sendo assim, são exatamente as mesmas rotas prestadas pela Sideral real. O piloto pode realizar um voo regular a qualquer momento, mas lembre-se, TODO voo de continuar ou partir exatamente do mesmo aeroporto em que pousou por último. (Não é necessário aguardar aprovação do voo anterior para dar continuidade).
    • Quem pode realizar? Qualquer colaborador, independente do cargo. 
    • Qual aeronave posso voar a rota X? Qualquer aeronave, visto que todas são homologadas para todas as rotas.
    • Qual aeronave eu posso operar? Veja os equipamentos que você pode voar na sua páginal inicial de login, na aba "Pilot Certifications".
    • Quais aeroportos posso operar? Qualquer aeroporto que conste nas rotas regulares.

 

  • Voos Charter (Nacional): São aqueles em que, normalmente, empresas ou entidades públicas ou privadas contratam os serviços aéreos, seja de passageiros ou de carga, para transportar objetos ou pessoas de uma localidade para outra (dentro do Brasil). Nós prestamos este tipo de serviço, porém com algumas regras.
    • Quem pode realizar? Colaborador com patente igual ou maior que: PRIMEIRO OFICIAL
    • Qual aeronave posso voar a rota X? Qualquer aeronave, porém, deve-se planejar a rota obedecendo as limitações da mesma (consulte a nossa frota).
    • Qual aeronave eu posso operar? Veja os equipamentos que você pode voar na sua página inicial de login, na aba "Pilot Certifications".
    • Quais aeroportos posso operar? Além dos das rotas regulares: 
      • Rio Grande do Sul: SBUG, SBSM, SBPA, SBPF
      • Santa Catarina: SBCH, SBLJ, SBJA, SBLJ, SBFL, SBJV, SBNF
      • Paraná: SBFI, SBLO, SBMG
      • São Paulo: SBSP, SBRP, SBSR, SBDN, SBKP
      • Mato Grosso do Sul: SBDO, SBCR
      • Mato Grosso: SBVH, SBCY
      • Rondônia: SBPV
      • Acre: SBRB
      • Amazonas: SBTT, SBBV, SBTF
      • Tocantins: SBPJ
      • Rio Grande do Norte: SBSG
      • Pernambuco: SBFN, SBPL
      • Bahia: SBPS

Atenção: Qualquer voo CHARTER NACIONAL realizado fora das regras, será RECUSADO.

 

  • Voos Charter (Internacional): São aqueles em que, normalmente, empresas ou entidades públicas ou privadas contratam os serviços aéreos, seja de passageiros ou de carga, para transportar objetos ou pessoas de uma localidade para outra (com destino ou origem fora do Brasil). Nós prestamos este tipo de serviço, porém com algumas regras.
    • Quem pode realizar? Colaborador com patente igual ou maior que: COMANDANTE EM TREINAMENTO. 
    • Qual aeronave posso voar a rota X? Qualquer aeronave, porém, deve-se planejar a rota obedecendo as limitações da mesma (consulte a nossa frota).
    • Qual aeronave eu posso operar? Veja os equipamentos que você pode voar na sua página inicial de login, na aba "Pilot Certifications".
    • Quais aeroportos posso operar? Além dos das rotas regulares + Charter Nacionais: 
      • Uruguay: SUMU
      • Argentina: SAEZ
      • Chile: SCEL
      • Colombia: SKBO
      • Panama: MPTO
      • Equador: SEQM
      • Bolivia: SLLP
      • Paraguay: SGAS
      • Estados Unidos da América: KMIA, KFLL, KMCO
      • São Martinho: TNCM

Atenção: Qualquer voo CHARTER INTERNACIONAL realizado fora das regras, será RECUSADO.



Powered by Virtual Airlines Manager [v2.6.2]